Archive for julho \22\UTC 2009

Encontros Integrados

julho 22, 2009

Educação Popular em Saúde,
Práticas Populares  e
Direito Humanos à Saúde.

Dias: 26 à  28/08/2009
Horário:
09h00min  às 17h00min – Encontros Integrados de Educação Popular em Saúde, Práticas Populares e Direito Humanos à Saúde – VI Encontro PE de EPS e V Encontro PE da ANEPS.
Local: Auditório do CCSA/UPFE – CDU – Recife – PE

__________

Dia: 28/07/2009
Horário: 09h00min ás17: 00h – Reunião Ampliada do Movimento de EPS em Defesa do SUS – ANEPS, ANEPOP, GT de EPS da ABRASCO e REDEPOPSAUDE.
Local: Sala 03 – CCSA/UFPE

__________

Dias: 26  à 28 28/08/2009
Horário: 09h00min  às 17h00min – Mostra de Artesanato e Feirinha de Economia Solidária
Local: Hall do CCSA/UFPE

__________

Dia: 28/07/2009 – Encontro Nordestino de Extensão Popular
Horário: 08h00min às 18h00min
Local: CCSA – Anfiteatro

__________

Intenções

A ANEPS/PE objetiva, a partir destas atividades e encontros, articular diferentes setores da sociedade, e também gestores, pesquisadores e os profissionais de órgãos públicos de saúde e assistência social, os movimentos sociais e conselheiros municipais de saúde para atuarem na formulação da discussão de políticas públicas de garantia dos direitos humanos à saúde, que se oriente pela educação popular nos processos de gestão do SUS e nos cuidados com saúde da população.  Tem a intenção de que o encontro integrado de práticas populares e educação popular em saúde tenha um caráter de processos de capacitação que possa organizar comitês de intersetorial para difusão da educação popular em saúde e a organização de pessoas do meio popular para fortalecer a sua busca pelos direitos humanos à saúde e a participação popular em defesa do SUS.

Além disso, busca articular ao processo formativo, um estudo de mapeamento e cadastramento de movimentos sociais e experiências de educação popular em saúde para tal nos propomos a criar dispositivos de comunicação na mobilização da sociedade para dar visibilidade às experiências e práticas populares de saúde como instrumento de exercício de  sua cidadania e realizar o lançamento de uma campanha de mobilização social em defesa do SUS e da EPS.

Justificativa

A educação popular em saúde é considerada como um processo de produção de saberes e práticas de saúde que incorpora entre outros elementos, a reflexão das práticas de saúde e a construção coletiva da produção de saúde, com foco no direito à saúde a a participação popular no SUS.  A educação popular recomenda que o conhecimento se realize na reflexão da prática (Freire, 2002) criando um diálogo entre diferentes saberes e “a participação das pessoas“ (Melo Neto, 2004), para construir um novo saber. Esse dialogar pressupõe respeito pelo outro, e deve considerar que  teoria e  práticas são  distintas e inseparáveis. Entende que a construção do conhecimento acontece  a partir da troca de experiências e  conhecimentos, da história de vida e da cultura de cada pessoa, “imediatizados pelo mundo ou pela vivência”, como diz Freire (2002).

A trajetória da EPS em PE acontece concomitante com luta pelo direito à saúde e a construção de uma política pública que fosse universal, integral e equânime, que resultou na implantação do SUS no País enquanto uma política de Estado para e com o povo brasileiro. Desde a década de 70 que os movimentos de EPS acontecem no País, com forte colaboração do povo pernambucano. E desse mesmo período que em PE são realizados atividades importantes nesse campo da saúde.  Nesse mesmo sentido é que desde o ano de 1999, um grupo de educadores/as populares em saúde vem realizando em Recife – PE, Encontros de Educação Popular em Saúde, com a intenção de trocar experiências e aprofundar debates sobre o tema.

Nesse período histórico já aconteceram inúmeros encontros pernambucano da ANEPS, e encontros pernambucano de Educação Popular em Saúde. Também aconteceram os Encontros de Práticas Populares em Saúde e a Oficina PE de Arte – Educação Popular em Saúde. Em 2009, pretende – se realizar VI Encontro Pernambucano de Educação Popular em Saúde, o V Encontro Pernambucano da ANEPS, o IV Encontro de Práticas Populares em Saúde de PE, a II Oficina PE de Arte – Educação Popular em Saúde, a I Oficina Pernambuco sobre Gestão Participativa do SUS na perspectiva da Educação Popular em Saúde, a I oficina Pernambuco de Extensão Popular em Saúde. No evento de 2009, também será realizado um novo mapeamento de experiências e práticas de EPS, o lançamento da campanha da ANEPS em PE em defesa do SUS.

Metodologia

Para dar sustentação prática aos processos, optamos pela roda de conversa, um dispositivo metodológico fundamental para o trabalho com grupos. A roda de conversa é uma atividade humana de longas datas e de vários povos. É também “um espaço de escuta, fala e acolhimento, aonde todos vão experimentando a construção coletiva, na compreensão e resolução de conflitos” (FREIRE, 2002).

Nesse sentido, a roda de conversa enquanto dispositivo pode ser considerado um importante instrumento de gestão de coletivos. Como nos lembra Campos (2000) “o método da roda propõe trabalhar objetivando a constituição de coletivos organizados”. Assim, a roda de conversa é, portanto, um momento privilegiado de diálogo e intercâmbio de idéias. Por meio desse exercício todos os participantes podem “ampliar suas capacidades comunicativas e descobrir dispositivos de resolução de situações incômodas” (NEVES; MIRANDA; ALMEIDA, 2008).

É desejo de todos e todas que o lúdico seja o cerne de inspiração e condução das vivências permitindo assim que, o prazer e alegria estejam presentes nos processos de reflexão e proposição para uma nova fase das políticas públicas e os processos sociais, a partir dos seguintes elementos: processos de articulação de saberes e práticas do processo educativo entre conteúdos, metodologias, técnicas e instrumentos, processos de trocas de saberes e experiências dos e das participantes dos encontros – seminários e oficinas, organização de rodas de discussões e encaminhamentos e visibilidade de práticas culturais locais e o diálogo destas, com outras experiências.

Para garantir a construção da memória dos processos, optamos pela sistematização e relatoria enquanto um dispositivo que fortalece o trabalho e aponta para a construção de um memorial que potencializa as capacidades humanas e a força de trabalho.

Informações / Inscrições

Fones: 81.9641.8033/ 9913.7047/9609.3176/ 9977.2235

Email: encontropeanepseps@yahoo.com.br

Investimento: R$ 10,00 (Pasta, Caneta, Bloco de Notas, Lanche)

Para fazer a inscrição faça o deposito na Conta Corrente – 11.703 – X, Agência 4012.6, Banco do Brasil em nome do Mulher Centro de Desenvolvimento do Ser Feminino e envie email para encontropeanepseps@yahoo.com.br com seu nome, endereço, intituição/movimento e contatos de email e telefone.

Iniciativa construída em Rede Solidária e Rodas de Gestão.

Este é um evento que está sendo construído de maneira articulada com várias pessoas e instituições. Inicialmente, reconhecemos a experiência da EPS e da ANEPS em PE, que nos aponta para o VI ENEPSPE e o VI EANEPSPE.

Para darmos consecução aos objetivos e metas desejamos contar com as seguintes participações:

1.       ANEPS – Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde

2.       Diálogos – Rede de Apoio Solidário

3.       Universos Masculinos – Instituto de Pesquisa e Ação

4.       MEP – Movimento Educação Popular em Saúde

5.       ANEPOP – Articulação Nacional de Extensão Popular

6.       MOPS – Movimento Popular de Saúde

7.       Rede Religiões Afro EM PE

8.       Rede de Discussão sobre Biodança de PE

9.       Rede Escola Continental em Saúde RECST – PE

10.     Rede de Educação Popular em Saúde

11.     GT de EPS da ABRASCO

12.     Movimento de Teatro Popular de PE

13.     DA de Enfermagem da Universidade Estadual de PE (FENSG – UPE)

14.     DCE da UFPE

15.     DA de Terapia Ocupacional da UFPE

16.     MAC – Movimento de Adolescentes e Crianças

17.     MST – Movimento dos Trabalhadores Sem Terra

18.     MLB – Movimento de Luta de Bairros e Favelas

19.     MMC – Movimento de Mulheres Campesinas

20.     Rede de Educação Cidadã – Fome Zero

21.     Articulação Saúde dos Homens e Participação Popular no SUS

22.     Rede de Jovens do NE

23.     AMI – Associação de Mulheres de Ibimirim

24.     CPT – Comissão Pastoral da Terra

25.     Rede de Parteiras Tradicionais

26.     Movimento de Luta nas Favelas – CUFAS

27.     FETAPE – Federação dos Trabalhadores da Agricultura de PE

28.     CUT – Central Única dos Trabalhadores

29.     Federação dos Agentes Comunitários de Saúde do Recife e de PE

30.     Federação de Agricultura Familiar

31.     Articulação AIDS em PE

32.     SINTEPE _ Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco

33.     SINDSAÚDE – Sindicato dos Trabalhadores da Saúde de PE

34.     SINDSEP – Sindicato dos Servidores Públicos Federais

35.     ABED – Associação Brasileira de Economia Doméstica

36.     ONG Djunbay

37.     ONG Gestos

38.     ONG Centro Sabiá

39.     ONG Cais do Parto

40.     ONG Curumim

41.     Visão Mundial

42.     Centro Paulo Freire

43.     ONG Sertã

44.     ONG Mulher Maravilha,

45.     Escola Quilombo dos Palmares

46.     Visão Mundial

47.     ONG Gestos

48.     ONG Trapeiros de Emaús

49.     ONG Maria de Lourdes

50.     ONG Auçuba e Gambiarra Comunicação.

51.     Comissão de Saúde da ALEPE

52.     Comissão de Educação e Cultura da ALEPE

53.     GGE/SPE/PE – Grupo de Trabalho Saúde e Prevenção nas Escolas

54.     Conselho Estadual de Saúde (CES)

55.     Conselho Municipal de Saúde do Recife (CMS)

56.     Conselho Municipal de Saúde de Olinda

57.     Conselho Municipal de Saúde de São Joaquim do Monte

58.     Conselho Municipal de Saúde de Ibimirim

59.     Conselho Municipal de Saúde de Jaboatão dos Guararapes

60.     Conselho Municipal de Saúde do Cabo de Santo Agostinho

61.     Secretaria Estadual de Saúde (SES)

62.     Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos

63.     Secretaria Executiva de Direitos Humanos da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos

64.     Secretaria Municipal de Saúde do Recife

65.     Secretaria Municipal de Saúde do Cabo de Santo Agostinho

66.     Secretaria Municipal de Saúde de Olinda

67.     Secretaria Municipal de Saúde de Jaboatão dos Guararapes

68.     Secretaria Municipal de Saúde de São Joaquim do Monte

69.     Secretaria de Saúde de Ibimirim

70.     Secretaria de Saúde de Limoeiro

71.     Pró – Reitoria de Extensão da UFPE

72.     Núcleo de Extensão do CCSA – UFPE

73.     Pró – Reitoria de Extensão da UPE

74.     Faculdade de Enfermagem da UPE

75.     Faculdade de Enfermagem da UFPE.

76.     Rede de Resistência Solidária

Realização Compartilhada

ANEPS – Articulação Nacional de Movimentos e Práticas de Educação Popular em Saúde

Ministério da Saúde – SGEP

Diálogos – Rede de Apoio Solidário

Universos Masculinos – Instituto de Pesquisa e Ação

ANEPOP – Articulação Nacional de Extensão Popular

MOPS – Movimento Popular de Saúde

Mulher – Centro de Desenvolvimento do Ser Feminino

Anúncios